terça-feira, 2 de julho de 2013

Siderópolis deverá integrar ao Cirsures a partir de 2014



O prefeito de Siderópolis, Helio Cesa, o Alemão participou com o engenheiro agronomo Ronaldo Remor e o advogado Maicon Aléssio de uma reunião com o Gerente e Engenheiro Ambiental do Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos Urbanos da Região Sul (Cirsures), Thiago Maragno Biava e o engenheiro químico Lindomar Cassiatori para tratar da integração no consórcio a partir do início de 2014. Durante o encontro o Chefe do Executivo recebeu a notícia que Siderópolis foi aprovado para fazer parte do Cirsures.
De acordo com Helio junto com os colegas prefeitos dos outros municípios consorciados participei de reuniões para me inteirar como funciona o consórcio, de que forma é utilizado pelos municípios e sobre os tramites legais para ser inserido no processo. “A adesão ao consórcio é uma forma de facilitar o acesso ao aterro pela proximidade, a redução de custos e a facilidade de buscar recursos a nível federal devido à forma de consórcio. Outro fator importante é adequação ao atendimento da Lei Federal nº 12.305, de 2010.”
Ele ressaltou que esteve visitando o aterro que é um espaço destinado à deposição final de resíduos sólidos gerados pela atividade humana, sem causar danos ou riscos à saúde pública e à segurança, minimizando os impactos ambientais. “Agradeço a aceitação da Cursires e de todos os associados. O próximo passo é tramitação legal da conclusão de adesão e o encaminhamento do convênio para a aprovação na Câmara de Vereadores”, finalizou.
Siderópolis estará participando com os municípios de Treviso, Urussanga, Cocal, Lauro Muller, Morro da Fumaça e Orleans que já utilizam o aterro sanitário.

Powered by 123ContactForm | Report abuse