quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Prefeitos de cinco municipios participam da abertura do Seminário do Aguaí em Siderópolis

Os cinco prefeitos de Siderópolis Helio Cesa, o Alemão, de Treviso, João Reus, o Juca, de Nova Veneza, Evandro Gava, de Morro Grande, Valdionir Rocha e de Bom Jardim da Serra, Edelvânio Nunes Topanotti participaram da abertura do Seminário do Aguaí, sediado no restaurante Ghellere, em Siderópolis.
O prefeito de Bom Jardim da Serra, Edelvânio Topanotti comentou sobre o turismo regionalizado fazer parte do seu plano de governo. “É a minha intenção trabalhar a integralização dos municípios para fomentarmos o turismo.”
Valdionir Rocha, prefeito de Morro Grande, também abraçou a causa do transformar a região em torno da Reserva Biológica do Aguaí. “Temos um potencial turístico muito grande, apoio a exploração dos potenciais sem agredir o meio ambiente.”
O chefe do executivo de Treviso, João Reus, comentou sobre a importância de expandir e tornar o turismo regionalizado. “Precisamos buscar novas potencialidades. Hoje, em Treviso, o carvão é grande fonte de geração de renda, mas vai sair de cena daqui alguns anos. Por isso, sou um grande incentivador para criar outras potencialidades.”
O prefeito de Nova Veneza, Evandro Gava afirmou ser imprescindível a organização do seminário. “Vejo no projeto um bom e importante aliado, já estamos em evidência devido alguns aparelhos turísticos, mas precisamos nos unir e ir mais além”.
O prefeito Helio Cesa, o Alemão, afimou ser fundamental a vontade politica dos cinco prefeitos em transformar, de forma sustentável, em instrumentos turísticos as nossas micro-potencialidades da região em torno da Reserva Biológica do Aguaí que, estava esquecida e adormecida.  “Vislumbro transformar a barragem do Rio São Bento, o Caminho dos Tropeiros, em instrumentos de visitação efetiva e, com isso, gerar renda para quem viva aqui. Claro, tudo de forma sustentável, sem agredir o meio ambiente respeitando às leis ambientais.”
Ele acrescentou que hoje é dado o primeiro ponta-pé inicial junto com os meus colegas e sou incentivador para realizarmos novas ações. “Não podemos parar por aqui, é necessário ainda de infraestrutura, capacitação, mas estamos plantando uma semente. A soma dos cinco municípios trará um grande resultado para gerar emprego e renda para as nossas comunidades. Precisamos também mostrar a região para atrair novos investidores, pois temos um microclima diferenciado, isso ao longo do tempo, será uma oportunidade de negócio.”

O coordenador do evento, Paulo Cadallóra, do instituto Aloatta, afirmou diversas potencialidades turísticas. “Neste seminário queremos evidenciar que o objetivo do seminário é esclarecer a importância social, informar a questão socioambiental da Reserva do Aguaí. Vamos falar das potencialidades que podem gerar emprego e renda. Quando você não informa, não consegue  trazer para o processo. As  próprias propriedades das comunidades se tornam um órgão fiscalizar. Temos um grande potencial e pouco trabalhado, mas vamos fomentar o turismo com cuidados de conservação em torno das potencialidades turísticas.”

A programação se estende durante toda a tarde e nesta sexta-feira.
13h30min -  Conciliando Conservação e Desenvolvimento – Uma História de Sucesso de Bonito - Mato Grosso do Sul - Eduardo Folley Coelho, empresário, pecuarista, conservacionista. Presidente do IASB – Instituto das Águas da Serra da Bodoquena. Conselheiro do CERH-MS - Conselho Estadual de Recursos Hídricos do MS.
Produtor Rural e Proprietário dos atrativos turísticos: Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim MS), e Lagoa Misteriosa (Jardim MS) e Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito MS).

14h30min  - Agroturismo Desenvolvimento Humano e Sustentável
Realdino José Busarello, Técnico em Agropecuária e Administrador de Empresas. Atua há 34 anos no serviço de assistência técnica e extensão rural EPAGRI e atualmente é Gerente Regional da EPAGRI em Criciuma e faz parte do grupo de pesquisa interdisciplinar em desenvolvimento rural, agricultura familiar e educação no campo - GIDASEC.

15h30min  - Café

16 horas  - RPPN, um desafio para conservação da biodiversidade
Maria de Fátima Bleyer Bresola Arquiteta, Mestre em Gestão Urbanística pela Universidade Politécnica da Catalunia. Analista Técnica de Gestão Ambiental, na FATMA desde 1985.Coordena a Equipe Técnica do Programa de Incentivo às RPPN Estaduais.

17 horas - Painel geral dos cases apresentados, com moderação de Gustavo Fraga Timo
18 horas - Encerramento


Dia 9 de agosto

10 horas - Redes de Cooperação: A experiência do Pólo de Turismo Aventura da Serra Gaúcha
Evandro Schütz - Sócio fundador da empresa Atitude Ecologia & Turismo de Canela / RS e Diretor Operacional da empresa. Vice Presidente do Turismo da Associação Comercial e Industrial de Canela, Coordenador do Fundo de Turismo de Canela e Diretor de Qualificação da ABETA – Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura

11 horas - Um olhar sobre as Serras Catarinenses – Desafios e Perspectivas
Paulo Cadallóra – Formado em Comunicação Social pela Unisinos – RS e pós-graduado em Gestão Estratégica. Foi coordenador de projetos da União Protetora do Ambiente Natural no RS, participou da comissão nacional da ONGs para conferência mundial sobre meio ambiente e desenvolvimento - RIO 92 É Presidente do Instituto Alouatta é o idealizador da Expedição Xokleng.

12 horas -  Almoço Livre - os interessados podem fazer a reserva do almoço no Restaurante do Guellere, ao custo de R$ 25 por pessoa-dia. A reserva do almoço pode ser feita juntamente com a inscrição ou no dia do Seminário, juntamente com o credenciamento.

13h30min - Turismo na visão do Turista
Ari Azambuja de Oliveira, Administrador de Empresas, formado pela PUC/RS, natural de Porto Alegre-RS, pós-graduado em Informática na Educação, 30 anos de experiência Organizacional. Produtor e apresentador do Programa Mundo da Gestão, nos Canais 19 (aberto) e 20 (fechado) de Criciúma/SC. Escritor, produtor e ator em peças teatrais organizacionais. Atualmente, coordenador e professor dos Cursos Técnicos em Administração, Secretariado e Guia de Turismo Nacional da SATC/SC, coordenador da Mina de Visitação Octávio Fontana, diretor do Museu do Carvão da SATC/SC, conselheiro do conselho municipal de turismo de Criciúma/SC e diretor da Instância de Governança Encantos do Sul/SC.

14h30min - Gestão da segurança para atividades de aventura
Ronaldo Franzen Nativo, atua como Coordenador Técnico da Marumby e é especialista em Montanhismo, Escalada, Técnicas e Resgate em Ambiente Vertical e Gestão da Segurança em atividades de aventura, atuando também como instrutor convidado em seminários técnicos, cursos de extensão e especializações nestas atividades. É um dos fundadores e integrante do COSMO - Corpo de Socorro em Montanha, em funcionamento no Parque Estadual Marumbi desde 1996.

Powered by 123ContactForm | Report abuse