domingo, 11 de agosto de 2013

Santa Missa da vitória no sétimo dia do II Cerco de Jericó...

Neste domingo,11/08, aconteceu o sétimo, e último, dia do Segundo Cerco de Jericó da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, a denominada Missa da vitória. A celebração, na Igreja Matriz, foi presidida pelo Padre Claudio Peters, nosso pároco.

Mais uma vez a Igreja Matriz, que é considerada uma das maiores da Diocese, ficou pequena para tantos fiéis. O clima de animação e alegria em virtude da queda das muralhas era visível no rosto de cada um que ali estava, inclusive dos sacerdotes.


O tema deste sétimo encontro foi “MISSA DA VITÓRIA”. Momentos fortes de oração e louvor em família foram feitos durante a Missa com a finalidade de unir ainda mais pais e filhos a orar pela queda das muralhas.

Em sua homilia Pe. Claudio destacou que o Cerco deve acontecer todos os dias. “Não podemos ser cristãos de Cerco de Jericó, aqueles que hoje acreditam e amanhã já não tem mais fé, devemos rezar todos os dias pela restauração das nossas casas, pela santificação das nossas famílias, pela nossa Igreja, pelo fortalecimento da nossa fé, e, sobretudo, pela queda das muralhas que impedem nossa felicidade, precisamos ter consciência de que nossa batalha é contínua”, enfatizou.


As sete voltas ao redor da Igreja ao som das trombetas, as quais representaram as sete voltas que Josué e seu povo deram na cidade de Jericó, foram muito emocionantes. Algumas foram feitas como de costume com o povo cantando e batalhando pela queda das muralhas, outras foram feitas em silêncio e oração, e ainda outras foram feitas com músicas de louvor e adoração a Jesus. 


A cada volta do Santíssimo uma graça que foi alcançada pelos fiéis foi lida pelos sacerdotes. Observou-se que as graças estavam relacionadas a emprego, enfermidades, vícios, e principalmente, pela união da família em oração. A caixa para depósito das graças alcançadas ficará na Igreja Matriz outubro para você poder colocar nela seu agradecimento a Jesus.


Pelo poder da oração e pela voz do povo que clamou fortemente pela queda das muralhas como, por exemplo, corrupção, maldição, traição, enfermidades, tibieza, contaminação e espírito de opressão, as muralhas foram derrubadas e Jesus Sacramentado foi colocado no alto da Igreja em frente a “nossa casa”, que em Seu Santo nome pode ser restaurada durante estes sete dias e sete noites.


Cerca de 2000 pessoas estiveram presentes, desejamos que todos continuem acompanhando as celebrações e fortalecendo sua fé no amor de Deus. Em nome dos padres Claudio, Osvaldir e Miro agradecemos a todos aqueles que direta ou indiretamente colaboraram para a realização deste II Cerco de Jericó. Que Deus continue a iluminar a todos e cubra de bênçãos os que de coração puro ajudam a evangelizar e anunciar a Palavra de Deus.


O pároco Pe Claudio perguntou aos que estavam presentes  se queriam o III Cerco de Jericó para 2014, onde todos em voz alta disseram SIM, o Pe confirmou.














































































































































































































































Powered by 123ContactForm | Report abuse