sexta-feira, 11 de outubro de 2013

CAPS de Siderópolis/Nova Veneza comemora 7 anos de criação

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Siderópolis/Nova Veneza completou 7 anos nesta quinta-feira, dia 10, dia em que também se comemora o Dia Mundial da Saúde Mental. Os usuários do serviço de saúde mental festejaram a data com uma programação especial.
O evento, que contou com a presença dos prefeitos de Siderópolis, Helio Cesa, o Alemão, de Nova Veneza, Evandro Gava.
Durante a comemoração um dos usuários do serviço fez questão falar do serviço que vem mudando a vida. “Os serviços realizados por estes grande profissionais nos ajudam a ter uma vida melhor, hoje tenho outra vida, sou bem atendida aqui”, falou Topanotti.
O prefeito de Nova Veneza, Evandro Gava falou sobre o trabalho que melhora a qualidade de vida das pessoas. “Quero parabenizar a todos vocês e dizer que as coisas boas da vida estão nos pequenos gestos. Em qualquer detalhe se tiverem um pensamento positivo, seremos direcionados para o lado bom da vida”.
Já o prefeito de Siderópolis, Helio Cesa, o Alemão falou que o CAPS é um exemplo de parceria. “Desde o início do meu mandato, faço uma gestão para trabalharmos em conjuntos com os municípios alguns serviços. Em parceria, de forma consorciada, nos empenhamos para implantar o Corpo de Bombeiros no município, também para tornar o Hospital São Marcos referência para região e desafogar o São José”comentou o Alemão.
Hoje, afirmou o prefeito, comemoramos a existência de que a vida é bela, é boa, é colorida. “Acordar e ver o sol, ver o seu filho e sua família são dádivas. “Essa é a responsabilidade de todo o corpo de profissionais do CAPS, eles precisam ter uma vocação para ser a vocês. Não faltam recursos e voltade para fazer o melhor tratamento aos usuários. Somos preocupados para que vocês tenham uma melhor qualidade de vida junto com seus familiares”, finalizou o chefe-do-executivo. 
Segundo o coordenador do CAPS, Anderson Feltrin, é um serviço de atendimento de saúde mental criado para substituir às internações psiquiátricas. O objetivo é oferecer atendimento à população de sua área de abrangência, realizando o acompanhamento clínico e a reinserção social dos participantes pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. 
O CAPS oferece diversas atividades, tais como: oficina de artesanato, de relaxamento, de alfabetização, de informática, consultas psiquiátricas, atendimento de enfermagem, de psicológico, de fisioterapeuta, de assistente social, além de grupos terapêuticos, atividades lúdicas e de lazer. 
Desde sua criação mais de 600 pessoas já foram atendidas pelos CAPS, sendo que atualmente possui 135 pessoas, entre moradores de Siderópolis e Nova Veneza participando de alguma atividade no CAPS.

Powered by 123ContactForm | Report abuse