quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Noite de festa, Siderópolis comemorou 55 anos de emancipação

Siderópolis comemorou nesta quinta-feira, 19 de dezembro, os 55 anos de emancipação político administrativa. A cidade colonizada há 122 anos, comemorou o aniversário de quando se tornou independente de Urussanga. 

O prefeito do município, Helio Cesa, o Alemão, lembrou que a cidade tem uma história bonita de muito trabalho. “Este crescimento deve-se a luta dos agricultores, comerciantes e toda a população que colaboraram com o desenvolvimento”, salienta.
Na noite desta quinta, marcando o iniciou os festejos, as 19h30min, com celebração de missa em ação de graças e logo apos iniciou no palco da praça se apresentaram o coral vozes da alegria e o show com Redenção nativa e Betinho e Willian. 





























































































SIDERÓPOLIS COMEMORA 55 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA
Por Ronaldo David

O município de Siderópolis emancipou-se de Urussanga em 19 de dezembro de 1958, a partir da Lei nº 380, sancionada pelo então Governador do Estado de Santa Catarina, HERIBERTO HÜLSE.
Era a concretização de uma luta de vários líderes, que procuravam a ratificação de um novo município no sul catarinense desde 1953.
Siderópolis começou como NOVA BELLUNO em 18 de julho de 1891, que tornou-se Distrito com o mesmo nome em 23 de agosto de 1913.
Com o poder da CSN entranhado na exploração do carvão e a intimidação do poder do intendente Nereu Ramos, NOVA BELLUNO é substituído na nomenclatura pelo nome de SIDERÓPOLIS, em novo Distrito, em 31 de dezembro de 1943 (daqui a alguns dias, este momento a lamentar pelos cultores da italianidade fará 70 anos de história).
E é com este nome de Distrito de SIDERÓPOLIS, que se emancipa na data hoje comemorada, e lá se vão 55 anos.

CENTRO DE SIDERA POUCOS ANOS APÓS A EMANCIPAÇÃO: A ITALIANIDADE AINDA NÃO ASSIMILARA BEM O NOME DE SIDERÓPOLIS - A MAIORIA DAS PESSOAS, INCLUSIVE NÓS, DO RIO FIORITA, DIZÍAMOS, BELLUNO, O BILUM...



19 DE DEZEMBRO

Nesta data, em 1948, em Siderópolis-SC, então distrito de Urussanga-SC, nascia ENEMÉSIO ANGELO LAZZARIS, hoje DOM ENEMÉSIO, um padre orionita e bispo católico brasileiro da cidade de Balsas, no Maranhão.

ENEMÉSIO terminou o seu noviciado em 1965 na Congregação da Pequena Obra da Divina Providência e fez os seus votos perpétuos em 27 de outubro de 1974.
Estudou filosofia em Ipiranga e teologia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Licenciou-se em teologia com especialização em espiritualidade no Teresianum.
Foi ordenado sacerdote em 26 de julho de 1975.
Foi diretor da comunidade orionita, pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus em Araguaína, Diretor do Colégio Dom Orione de São Sebastião do Rio de Janeiro e Superior da Província Norte do Brasil da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência (Dom Orione).
Episcopado
Foi nomeado bispo em 12 de dezembro de 2007 pelo papa Bento XVI.
É o presidente da Comissão Pastoral da Terra nacional.

NA FOTO, ENEMÉSIO LEVADO PELAS RUAS DE JORDÃO BAIXO, EM SUA HOMENAGEM, QUANDO DE SUA NOMEAÇÃO A BISPO, EM 2007.

Powered by 123ContactForm | Report abuse