sábado, 20 de fevereiro de 2016

Sobras do Siccob Credisulca somam mais de R$ 22,330 milhões em 2015



Na foto Dilnei Demétrio, Graziela Pacheco e Edson Luiz Sandrini
O valor representa 19,10% de crescimento em comparação com 2014. 

Os associados ao Sicoob Credisulca se surpreenderam com os resultados apresentados pela cooperativa, no exercício 2015. Em Assembleia Geral Ordinária (AGO), realizada na noite de ontem (19), em Turvo, a direção da cooperativa anunciou o valor de sobras de R$22.383.380,68 milhões. O valor é resultado das operações realizadas pelos associados durante todo o ano de 2015 e representa um crescimento de 19,10% em comparação com 2014.
Os dados foram apresentados pelo contador do Sicoob Credisulca, Nelson Gabriel, e mostraram que a cooperativa cresceu como um todo em 2015, com destaque para o patrimônio de referência, que somou 91.436.972,67 milhões, um crescimento de 30,24% em relação a 2014. Esse índice é uma metodologia de calculo normatizada pelo Conselho Monetário Nacional, onde está incluso o patrimônio líquido da cooperativa, deduzidos os riscos de mercado e liquidez, com ele é possível medir a capacidade financeira do Sicoob Credisulca.
Parte do valor das sobras, agora será devolvido aos associados, sendo 50% para a conta corrente e 50% na conta capital. Segundo o presidente do Sicoob Credisulca, Romamim Dagostin, o valor já estará disponível nas contas a partir da primeira semana de março. “Esse resultado só foi possível com a confiança que nossos associados depositam na cooperativa, e esses números expressam o empenho de nossos colaboradores para um atendimento de excelência, humanizado. 2015 foi um ano difícil economicamente para o país, mas a Credisulca acreditou que investir e apresentar soluções financeiras eficientes aos nossos associados seria um diferencial, e agora colhemos os resultados. Para 2016 temos o compromisso de elevar esses números”, destacou Dagostin.
João Júnior Colodel, associado e conselheiro do Sicoob Credisulca, ressalta a importância da cooperativa para a comunidade, tendo em vista o retorno das sobras para a economia local, movimentando a região. “O desempenho de 2015 foi excelente, e como conselheiro eu pude acompanhar o trabalho desenvolvido pela cooperativa para chegar a esse resultado, que agora retorna para a comunidade, e auxilia a economia local, movimentando indústria e comércio. O maior diferencial da nossa cooperativa é a mescla em trabalhar com sistemas modernos, de eficiência nas operações em conjunto com um atendimento personalizado, onde você pode sentar e conversar com o seu gerente com calma, isso nos dá confiança para a realização de bons negócios”, afirmou o associado. 
Composição dos Conselhos de Administração e Fiscal
Durante a AGO, também ocorreu a eleição dos novos membros para o Conselho Fiscal, para exercício até a próxima assembleia em 2017. Foram eleitos os seguintes associados:
Conselho Fiscal Efetivo:
- Cesar Augusto Mondardo
- Luiz Cornélio Pacheco Franscico
- Emílio Dela Bruna
Conselho Fiscal Suplente
- Saulo Camilo Moraes
- Antonio Luiz Giusti
- Valmir Valmes dos Santos


Rosi Mizeeski
Assessora de Comunicação

Powered by 123ContactForm | Report abuse